Atividades Culturais

Festival de Cannes 2013 - Nebraska" é forte candidato ao Oscar

Fonte: Uol Notícias
 

Festival de Cannes 2013241 fotos

238 / 241
Os atores Bruce Dern, Angela McEwan, o diretor Alexander Payne, June Squibb e Will Forte divulgam o filme "Nebraska" no Festival de Cannes. O filme já desponta como um candidato ao Oscar Francois Mori/AP

O americano Alexander Payne entrou com tudo nesta quinta na competição do Festival de Cannes. Dois anos depois de "Os Descendentes", que ganhou o Globo de Ouro de melhor filme, ele volta com "Nebraska", uma tocante história em preto-e-branco sobre Woody Grant, um senhor de idade que recebe uma daquelas cartas de promoção de revista dizendo que ganhou US$ 1 milhão. O velhinho acredita e insiste em viajar de Montana a Nebraska para pegar o dinheiro.

Mesmo sabendo que o pai está desiludido, um dos filhos topa levá-lo até lá. No caminho, Woody e toda a família param em sua cidade natal, visitando os parentes e velhos amigos. Todos acreditam que o velhinho realmente se tornou milionário e querem uma parte do dinheiro, começando uma pequena confusão. Um retrato ao mesmo tempo doce e amargo, engraçado e melancólico sobre a velhice e suas desilusões.

"Nebraska" parece o candidato perfeito para a Palma de Ouro: uma mistura sensível de drama e comédia com personagens muito humanos e atores em estado de graça. Deve levar um bom prêmio das mãos do júri de Steven Spielberg. Como estreia apenas em novembro nos EUA, também deve chegar com força no Oscar.

O pai da Laura


"É a história de um filho que quer dar alguma dignidade ao pai. Meus pais também já estão velhinhos, sinto isso com eles, e acho lindo quando um filho faz isso", disse o diretor. "Recebi o roteiro nove anos atrás e me apaixonei, a história tem uma visão ao mesmo tempo engraçada e melancólica. É uma história tão modesta que merecia um visual despojado como o preto-e-branco. Mas sou só o diretor, é difícil pra mim dizer o que significa o filme. Terminei-o na última sexta-feira, ainda estou aprendendo com ele", disse o diretor.

Woody é vivido por Bruce Dern, de 77 anos e mais de 120 filmes no currículo, hoje mais conhecido como o pai de Laura Dern ("Veludo Azul") e por pequenos papéis como o velho Carrucan de "Django Livre". Desde já, Bruce é o favorito ao Oscar de melhor ator em 2014 – com todo esse currículo, foi indicado apenas uma vez, por "Amargo Regresso" em 1979,mas não levou.

 

Entre os mestres

Laura veio a Cannes prestigiar o filme do pai e até se sentou no meio dos jornalistas na entrevista coletiva para acompanhar suas respostas.

Bruce brincou com o fato de que há 25 anos não vivia um protagonista nas telas. "Quando você trabalha com outro Bruce, o Willis, não tem como não se sentir coadjuvante", disparou.

O ator levantou a bola de Payne ao colocá-lo no panteão dos grandes mestres com quem trabalhou. "Ao longo da minha carreira, trabalhei com seis gênios: Kazan, Hitchcock, Dalton Trumbo, Coppola, Tarantino e agora Alexander Payne".

O diretor contou que recebeu o roteiro quando filmava "Sideways – Entre Umas e Outras", mas na época estava "de saco cheio de filmar dentro de carros"

O diretor escolheu Bruce Dern por ele estar em um de seus filmes preferidos, o drama "Amargo Regresso" (1978). "A melhor coisa sobre Bruce é que ele é um grande ser humano. Qualquer um pode aprender a atuar, mas é o ser humano que faz o ator de destacar".

Payne trabalha agora em um filme de ficção científica que deve ser rodado na Noruega. "Mas o roteiro está dando muito mais trabalho do que pensávamos, por isso ainda deve demorar um pouco", falou.

 

http://cinema.uol.com.br/noticias/redacao/2013/05/23/do-diretor-de-os-descendentes-nebraska-estreia-em-cannes-como-forte-candidato-ao-oscar.htm

 

 

Agenda Cultural

RS/Porto Alegre

Agenda Cultural Arte Sesc Confira algumas atividades promovidas pelo Arte Sesc – Cultura por toda parte agendadas para os próximos dias em Porto Alegre e Região Metropolitana. Outras informações podem ser obtidas junto às Unidades Operacionais do Sesc/RS e pelo www.sesc-rs.com.br.

/Brasil

Ministério da Cultura, Pirelli e Grupo Komedi apresentam o espetáculo Ciclovias Amigas Alunos de diversas escolas públicas do Brasil poderão prestigiar gratuitamente um espetáculo teatral que diverte, emociona e conscientiza Com o objetivo de levar arte, conscientização e entretenimento às camadas sociais menos favorecidas, o Grupo Komedi desenvolveu o projeto “Ciclovias Amigas”, um espetáculo infanto-juvenil que mescla o universo lúdico da criança com questões sobre o trânsito e a preservação do meio ambiente. Patrocinado pela Pirelli, o espetáculo será apresentado em escolas públicas da periferia de diversas cidades. Santa Catarina, Rio Grande do Sul, São Paulo e Bahia são alguns dos estados que já tem apresentações agendadas.

RS/Porto Alegre

Agenda Cultural Arte Sesc Confira algumas atividades promovidas pelo Arte Sesc – Cultura por toda parte agendadas em Porto Alegre e Região Metropolitana. Outras informações podem ser obtidas junto às Unidades Operacionais do Sesc/RS.

SP/São Paulo

SESC SANTO ANDRÉ – CORTÁZAR E OS ABSURDOS DO MUNDO O Sesc Santo André homenageia o escritor Júlio Cortázar (1914 – 1984) durante o mês de agosto. Cortázar completa 100 anos de nascimento, momento oportuno para um encontro com sua obra em diferentes linguagens artísticas. A programação conta com leituras, música e dança. A obra do escritor argentino ocupa lugar de destaque na produção literária do século 20. O autor, que considerava o texto uma forma de brincar, criou uma narrativa que vai do real ao fantástico, numa atmosfera alucinante que combina humor, poesia, mistério, terror. Cortázar é um observador da realidade cotidiana que expressa na literatura as contradições e os absurdos do mundo.

SP/São Paulo

Bienal Naïfs do Brasil 2014 SESC PIRACICABA ABRE A 12ª EDIÇÃO DA BIENAL NAÏFS DO BRASIL O Sesc Piracicaba exibe a 12ª edição da Bienal Naïfs do Brasil, com curadoria de Diógenes Moura e participação de 81 artistas, de 16 estados do país, os quais apresentam narrativas originárias de uma percepção sobre suas culturas, retratadas em cenas da vida cotidiana e com sofisticada simplicidade. 106 obras - pinturas, esculturas, gravuras, bordados, tecelagens, entre outros materiais – foram selecionadas pelo júri, este ano formado por Antônio Santoro Junior, Kelly Cecília Teixeira, Oscar D`Ambrosio e Valdeck de Garanhuns. A ideia para compor a Bienal Naïfs do Brasil 2014 é a de extrapolar os limites da estética tradicional e chamar a atenção do público para novos caminhos da produção de arte popular.
Veja mais em 'Agenda Cultural' >
ANÚNCIO

Divulgue seu evento, oportunidade ou notícia cultural, envie um email para divulgacao@arteecultura.com.br

Divulgue seu evento, oportunidade ou notícia cultural, envie um email para divulgacao@arteecultura.com.br

Divulgue seu evento, oportunidade ou notícia cultural, envie um email para divulgacao@arteecultura.com.br

by Magix